COMPLEXO MAGAZINE.pt - Revista Digital Energia vibrante da música mais antiga do mundo

Energia vibrante da música mais antiga do mundo

Claudia Hortelao

Viagem hipnótica para os reinos da bem-aventurança extática e aprofundamento das conexões do coração

 

Facilmente nos encantamos com a voz melódica de Deva Premal acompanhada pelo seu companheiro Miten em cânticos repletos de mantras, consideradas fórmulas de cura através do som.

O seu percurso iniciou-se na Índia em 1990 e desde então que, nas suas atuações trazem a formula mágica que os une e os liga ao seu publico aliando o som tradicional dos mantras a sons contemporâneos.

Para isso contam com duas ajudas bastante valiosas, a de Manose, mestre nepalês da flauta bansuri. Nascido em Kathmandu, começou a sua jornada musical com um rigoroso treino clássico de ragas Indianos. Mais tarde trouxe o som da flauta bansuri a muitos géneros musicais, do jazz à música celta até a um dos mais populares grupos rock em Kathmandu.Energia vibrante da música mais antiga do mundo

Outra ajuda é a do feiticeiro do teclado Maneesh de Moor, originário da Holanda, Maneesh que masterizou o som artístico dos sintetizadores e design de som após estudar música clássica, estilo pop e músicas do mundo, acabando por especializar-se no cruzamento dos estilos étnicos/tradicionais e na atmosfera e nos sons contemporâneos.

O resultado deste cruzamento de várias sonoridades são álbuns que nos transportam para um estado de espírito de tranquilidade e iluminação, num ambiente quase mágico de meditação que pode ser presenciada na Aula Magna no próximo domingo a partir das 19:30 e com entradas que rondam os 25 e os 40 euros.

O autor

Comentários

  1. […] Deva Premal & Miten estão pela primeira vez em Portugal, naquele que é esperado ser, um concerto mágico e único, transportando o publico para a sua jornada de amor e criatividade através da sua música alternativa onde criaram um estilo musical único, colocando os mantras – que são basicamente fórmulas de cura através do som, no panorama musical contemporâneo. Á sua tournée juntou-se Manouse um mestre nepalês da flauta bansur e o feiticeiro do teclado Maneesh De Moor especializado no cruzamento de estilos étnicos/tradicionais com sons contemporâneos, todos juntos trazem o álbum ‘Password’. Numa atmosfera mágica de calma viajamos nestes sons no domingo, no auditório da Aula Magna a partir das 19:30 com entradas entre 25 e 40 euros. 0 no comments Tweet […]