Cães de Johnny Depp em perigo de vida

14 Mai, 2015

Os cães do ator podem ser abatidos se não forem retirados da Austrália, onde ele se encontra em gravações.

 

Más notícias para Johnny Depp, Amber Heard e os seus amiguinhos de quatro patas. De acordo com a imprensa internacional, o ator foi alvo de um ultimato que dita o abate dos seus cachorros, Boo e Pistol, caso estes não sejam retirados da Austrália, onde se encontra a filmar o mais recente volume de ‘Piratas das Caraíbas’ até sábado.

Cães de Johnny Depp em perigo de vida

Em causa está uma acusação da parte do Ministério da Agricultura local que afirma que o ator terá quebrado a lei ao não declarar os cães na alfândega para que estes fossem colocados numa quarentena de 10 dias, um procedimento instituído para impedir a propagação de doenças por parte de animais que entram no país.

De acordo com a imprensa, o Ministro da Agricultura australiano disse que ‘Ou o Sr. Depp leva os seus cães de volta para a Califórnia ou vamos ter de os abater. Ele tem agora cerca de 50 horas para remover os cães. Pode coloca-los no mesmo jato privado em que chegaram e tirá-los do país’.

Aparentemente, a situação dos cães do ator chamou a atenção do Ministro quando Depp os levou a um serviço de tratamentos de higiene e este afirma que o perfil público do ator não o isenta de seguir os processos legais necessários para ‘importar’ um animal na Austrália. De facto, o membro do governo australiano afirmou numa entrevista que ‘Se deixarmos estrelas de cinema entrar no nosso país, mesmo que tenham sido o homem mais sexy do mundo duas vezes, porque não quebramos as leis para toda a gente? É hora de o Pistol e o Boo serem recambiados para os Estados Unidos.’

Como seria de esperar, a situação está a gerar controvérsia online, e até já existe uma petição para salvar os animais.

O autor

Related Posts