Início Interiores Decoração e Design Cadeiras de Design – As suas histórias – parte 1

Cadeiras de Design – As suas histórias – parte 1

164
0
Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1

Cadeiras  intemporais, que fazem a decoração de muitas casas. Veja alguns dos modelos e conheça a história de cada uma

 

Cadeira Red and Blue

 

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1Gerrit Thomas Rietveld (1888-1964), arquiteto e designer, quando ainda estudava, trabalhava também com marcenaria e produção de mobiliário. Em 1917, influenciado pelo Neoplasticismo desenvolve o estudo da cadeira Red and Blue. Nesta mesma altura surge um grupo que procurou inserir o pensamento neoplatônico no design, criando objetos fundamentais que expressassem a perfeição e a harmonia espiritual da geometria e das cores primárias. Gerrit Rietveld, a partir de 1919, quando recebe o diploma, passa a ser um membro importante do movimento, contribuindo para a revista De Stijil.

 

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1
Cadeira Red and Blue

A cadeira Red and Blue esteve entre as primeiras tentativas de se aplicar a filosofia de Stijl numa forma de três dimensões, e é uma construção rigorosa de linhas retas e planos lisos de cores primárias; a forma tridimensional foi transformada numa expressão fundamental de pura abstração. A cadeira foi originalmente pintada na típica paleta, em cinza, preto e branco, mas, em 1918, Gerrit Thomas Rietveld repintou-a reinventando em vermelho, azul, amarelo e preto, para ressaltar as pinturas de conhecido Piet Mondrian (1872-1944), um coleta e membro do De Stijl.

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1
Cadeira Red and Blue – Detalhes

Esta alteração na estética desta peça de mobiliário causou impacto e – como aconteceu com as pinturas retilíneas de Mondrian – até hoje continua a evocar o aspeto de uma fantástica modernidade abstrata. Embora, originalmente, Rietveld pretendesse que a cadeira fosse produzida em massa, na realidade , isso nunca aconteceu. Atualmente, a cadeira Red and Blue permanece uma peça icónica única – como uma ideia concretizada de uma cadeira – no Museu de Arte Toledo, em Ohio.

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1
Cadeira Red and Blue – Gerrit Rietveld

 

 

Cadeira Tulip

 

O arquiteto Eero Saarinen (1910-1961) nasceu em Helsínquia, filho do famoso arquiteto finlandês Eliel Saarinen.
Como designer, em 1937, iniciou uma sociedade com o arquiteto Charles Eames, que os levou ao desenvolvimento de uma série de móveis bastante vanguardistas e premiados várias vezes no MOMA – Museum of Modern Art.

 Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1

Eero Sarinen e Florence Knoll- em estudo

Eero Sarinen desenhou também, vários móveis para a Knoll International com grande sucesso, entre eles a coleção Womb (1947-1948) e a coleção Pedestal, com a famosa cadeira Tulipa (1955-1956) e que é hoje mundialmente conhecida.

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1
Cadeira Tulipa com e sem apoio de braços

A cadeira Tulipa possui este nome por fazer lembrar o formato de uma tulipa. A mesma possui duas versões, uma com apoio para os braços e a outra sem.
Eero Saarinen tinha esperança de produzir a cadeira como uma unidade de uma peça feita inteiramente de fibra de vidro, mas este material não foi capaz de apoiar a base, e os protótipos eram propensos à rutura. Como resultado, a base da cadeira Tulipa é feita de alumínio com um revestimento de plástico para combinar com  a parte superior, dando a aparência de uma única unidade. O assento é moldado em fibra de vidro e também revestido em plástico. A almofada é estofada com espuma é removível com fecho de velcro.

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1

 

A cadeira Tulipa fez um imenso sucesso no série televisiva Star Trek nos anos 60. Ela tornou-se um verdadeiro hit na decoração do estilo Space Age.

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1
Cadeira Tulipa – Série Star Trek anos 60

 

 

Cadeira Panton

 

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1
Verner Panton

Verner Panton arquiteto e designer dinamarquês, é considerado um dos mais importantes e inovadores designers da segunda metade do século XX. Um mestre da extravagância, Panton abusa de cores vibrantes e linhas sinuosas para dar humor às formas das coisas. Em 1967 surgia a cadeira Panton,  que foi sem dúvida uma das peças revolucionárias na história do design mundial por ser a primeira cadeira de plástico injetado.

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1
Cadeia Panton

Originalmente as primeiras ideias começaram em 1959 pelo designer,  mas foi em 1967 que a cadeira tomou forma e saiu do papel. A proposta da cadeira para além ser esteticamente bela era por ser empilhável. De formas sinuosas foi produzida pela Vitra, que continua produzindo até os dias de hoje.

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1
Cadeira Panton

Possui um formato de um S e o seu design é atemporal, atravessando décadas.  Provocando o mesmo impacto visual que era nos anos 60, a cadeira continuará sendo uma peça antológica e cheia de charme. A legítima cadeira de Panton da Vitra possui a assinatura de Verner Panton em baixo relevo na base.

Cadeiras de Design - As suas histórias - parte 1
Verner Panton na fase de protótipo da cadeira Panton em 1967

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui