Início Notícias Casino deve 7 milhões a campeão de Poker

Casino deve 7 milhões a campeão de Poker

128
0
Phil Ivey Crackfords

Phillip Ivey ganhou o prémio monetário em Londres, mas o casino recusa-se a pagar.

 

Os profissionais do Poker estão habituados a jogar com todas as suas armas e a ganhar todos os jogos nos seus torneios. Os casinos, por seu lado, gostam de manter o lema ‘a casa ganha sempre’. Por esta razão, a ideia de um profissional jogar num casino é quase garantidamente receita para desastre.

Mas foi isso que Phillip Ivey, um profissional de Las Vegas fez, num casino Londrino em 2012. Aliás, o conhecido campeão ganhou 7.7 milhões de libras na mesa de bacará, e agora vê-se envolvido numa batalha judicial, porque até hoje ainda não recebeu o seu prémio.

Phil Ivey Crackfords

O vencedor da World Poker Series por 10 vezes está a processar o Crockfords na zona de Mayfair, em Londres, por se recusar a pagar o prémio que Ivey ganhou através de 2 dias de jogo e uma aposta de £1 milhão.

Segundo a defesa apresentada pela casa de jogo ao Supremo Tribunal britânico, em causa está a prática de ‘edge sorting’, uma técnica utilizada por jogadores que determinam o valor das cartas descobrindo pequenas imperfeições nas suas costas, que Phil Ivey e o seu parceiro, Cheung Yin Sun terão aproveitado para ganhar o dinheiro.

Se por um lado o representante do jogador, um dos melhores do mundo na sua área, considera a técnica legitima, e nada a proíbe, como muitas outras, o representante do casino londrino acusa o par de ter aproveitado o facto de a crupiê da sua mesa ser asiática, impedindo outros jogadores e staff de se aperceberem do esquema.

Na altura, Ivey teve de deixar Londres sem receber o dinheiro por causa de uma tragédia familiar, e o casino aproveitou a situação, decidindo não pagar o prémio depois de consultar as suas camaras de vigilância e interrogar os seus funcionários.

Phil Ivey foi processado este ano por outro casino por um incidente semelhante que teve lugar na mesma altura.