Início Bem Estar Como o tempo afeta o seu estado de espírito

Como o tempo afeta o seu estado de espírito

159
0
Como o tempo afeta o seu estado de espírito

A primavera já chegou, mas não há dúvida que o inverno mostra não querer arredar pé. Será que isso nos influencia? Sem dúvida! Mas porquê? Fique a saber…

 

Não é por acaso que ansiamos pelo verão e pelo sol, que quando aparecem os primeiros raios toda a gente parece sorrir e, pelo contrário, quando o tempo está de chuva e cinzento, todos parecem mal dispostos. Os estudos na área já são mais que muitos e a confirmação está lá: o tempo afeta o nosso estado de espírito.

A ciência

Em 1999, Hardt e Gerbershagen analisaram 3.000 pacientes crónicos que iam ao hospital há, pelo menos, 5 anos. Foi realizado um questionário que avaliava o nível de depressão e os resultados não observaram qualquer relação entre a depressão e a época do ano. Contudo, este estudo apenas avaliou a depressão, não avaliando quanto tempo cada pessoa passava ao ar livre, um fator determinante no impacto que o tempo tem sobre nós.

Outras pesquisas revelaram outros resultados. Em 1984, Howard e Hoffman pediram a 24 estudantes universitários que registassem o seu humor e respetivas alterações (através de um questionário) durante um período de 11 dias. Observou-se que o tempo, em especial a humidade, possuía grande impacto no estado de espírito dos jovens.

De acordo com o estudo “a humidade, a temperatura e as horas de exposição solar tiveram o maior impacto no humor. Humidade elevada baixava os níveis de concentração e aumentava os registos de sono. O aumento das temperaturas baixava os níveis de ansiedade e de cepticismo.(…) O número de horas de exposição solar mostrou prever os níveis de otimismo significativamente. Um aumento das horas de exposição solar levava a um aumento dos níveis de otimismo. (…) Os níveis de depressão e ansiedade não se mostraram afetados por nenhuma variável da meteorologia.”

Um outro estudo, em 1982, realizado por Sanders e Brizzolara, teve como base de análise de 30 estudantes e chegou a conclusões semelhantes: humidade elevada foi associada a falta de vigor, euforia e afeto.

Um estudo realizado a uma amostra de maior dimensão, em 1974, e realizado por Faust et al.,  analisou 16.000 estudantes em Balse City, na Suiça, tendo os investigadores concluído que um terço das raparigas e um quinto dos rapazes respondiam negativamente a certas condições meteorológicas – mau dormir, irritabilidade e humor depressivo.

Em 2005, Keller e alguns colegas examinaram as respostas de 605 participantes, avaliando os seus estados de espírito, pensamentos e a meteorologia. Os dados revelaram que ”(…) a temperatura agradável (temperatura mais elevada) foi associada a um melhor humor, melhor memória e estilo cognitivo “ampliado” durante a primavera, uma vez que o tempo passado ao ar livre aumentava. As mesmas relações entre humor e tempo não foram observadas noutras épocas do ano e, na verdade, no verão o tempo mais quente foi associado a um pior humor.”. Isto é explicado pelo facto de, ao chegar a primavera, as pessoas encontram-se há bastante tempo privadas do sol, devido aos dias cinzentos de inverno.

Distúrbio afectivo sazonal

Para quem ainda tem dúvidas, fique a saber que o distúrbio afectivo sazonal existe e é real. Este distúrbio caracteriza-se por sentimentos de tristeza e depressão durante o inverno, quando os dias são mais curtos, a temperatura baixa e o sol desaparece. Trata-se de um tipo de depressão específico e muito associado a um excesso de alimentação ou de sono e a um aumento de peso e sabe-se que as mulheres têm duas a três vezes mais probabilidade do que os homens de sofrer de tristezas associadas aos dias de inverno.

O que fazer para evitar a depressão nos dias cinzentos

  • Como o tempo afeta o seu estado de espíritoProcure luz – estudos revelam que luzes fortes logo pela manhã (florescentes ou incandescentes) ajudam a superar as depressões de inverno. Terapia diária realizada com luz natural de lâmpadas pode também substituir a luz solar.
  • Levante-se cedo – combata a vontade de ficar na cama até tarde. Acordar cedo contribuirá para que se sinta melhor o resto do dia.
  • Pratique exercício físico – estimular o seu metabolismo contribui para afastar os sentimentos de tristeza.
  • Alimente-se bem – evite alimentos ricos em amido e açúcar, pois tendem a aumentar a preguiça.
  • Vá para a rua – passe tanto tempo ao ar livre quanto conseguir e, quando em casa, sente-se perto de uma janela.

 

Fontes:

  • John M. Grohol – “Weather Can Change Your Mood”
  • Ask Men – “How Weather Affects Your Mood”