Início Decoração e Design Decorar com padrões

Decorar com padrões

162
0
Decorar com padrões

A mudança na sua casa pode ser tão simples como decorar com padrões

 

Há dias em que nos apetece mudar, tornar o ambiente diferente, e muitas vezes não sabemos como o fazer. Decorar com padrões pode ser a resposta ao que procura. Se gosta de cor, figuras e desenhados então fique para ver.

Decorar com padrões

Decorar com padrões pode ser uma excelente ou péssima opção, tudo depende da forma como o fará. Isto porque na primeira hipótese dará muito mais vida à sua casa, na segunda hipótese, quando a escolha dos padrões é feita de forma inconsciente, a decoração de sua casa pode resultar em algo visualmente muito confuso. É por isso que são várias as regras a seguir cuidadosamente.

As duas palavras-chave nesta temática são harmonia e equilíbrio. A escolha dos padrões tem sempre que ser feita atendendo a estes dois conceitos para que culmine numa excelente opção.

Decorar com padrões

Existe um grande leque de formas pelas quais podemos decorar com padrões: paredes, cortinas, almofadas, sofás, cadeiras, tapetes, acessórios e mesmo mobiliário. Contudo, a essência é sempre a mesma: harmonia e equilíbrio de forma uniforme, tendo sempre em atenção o seu gosto. Não vale a pena decorar com padrões dos quais acha que se vai cansar rapidamente.

Decorar com padrões

Decorar com padrões

Decorar com padrões

Decorar com padrões

Decorar com padrões

 

As 10 regras que sugerimos são:

1. Não precisa de se restringir a um padrão apenas, pode conjugar harmoniosamente riscas, quadrados, bolas ou qualquer outro tipo de desenho;

2. Quando conjugar diferentes tipos de padrão tente sempre que existam nos mesmos, apontamentos da mesma cor ou uma similaridade de tons;

3. Tente que a cor de fundo de cada padrão seja sempre a mesma, de preferência tons de branco, pérola ou outros tons neutros;

4. Conjugue os apontamentos de padrão com apontamentos lisos. Desta forma irá realçar os padrões escolhidos e tornar a decoração mais interessante;

5. Arrisque e não se feche nos tamanhos pequenos. Utilize padrões com várias escalas que tornarão a decoração mais divertida;

6. Quando decorar com padrões não se esqueça de adequar o tamanho à peça, ou seja, um sofá grande ficaria visualmente diminuto com um padrão pequeno, assim como uma cadeira ficaria visualmente desproporcional com o padrão demasiado grande;

7. Tenha em atenção o seu mobiliário. Se o tom deste for demasiado escuro poderá causar uma sensação desconfortável quando combinado com demasiados padrões de cores escuras também. Se este for o seu caso, opte por ser mais moderado no número das suas escolhas, sendo que estas devem andar entre os tons vivo-claro e/ou neutros;

8. Os padrões geométricos como as riscas conferem ao seu espaço ilusões visuais que podem ser vantajosas. Assim, riscas verticais vão criar a ilusão de que o espaço é mais alto, enquanto que as riscas horizontais vão dar a ilusão de alongamento do espaço;

9. Procure combinar padrões com o mesmo efeito visual. Isto é, combinar padrões geométricos com padrões de motivos florais pode, por vezes, criar um efeito visualmente confuso. Se optar por o fazer, faça-o cuidadosamente;

10. Em divisões especificas: um quarto deve ser decorado com padrões mais simples e de cores mais neutras, uma vez que este espaço quer-se tranquilo; uma sala pode ou não ser bastante decorada com diversos padrões, tendo sempre que ter atenção ao mobiliário com que estes padrões competem para não criar um excessivo desviar de atenção pouco convidativo; a cozinha é o local ideal para decorar com padrões, dado que estes proporcionam um quebrar da monotonia imposta pelo tipo de mobiliário que a caracteriza.

Decorar com padrões

Decorar com padrões

Decorar com padrões

Decorar com padrões

Decorar com padrões

No final, mais uma vez apelamos à sua imaginação e gosto para que consiga tornar a sua casa no lugar onde se sente melhor, afinal “there’s no place like home”.