Início Cultura e Lazer Devendra Banhart apresenta ‘Mala’ para os portugueses

Devendra Banhart apresenta ‘Mala’ para os portugueses

164
0

Artista realiza duas apresentações neste fim de semana, uma em Lisboa e outra no Porto

 

Os portugueses terão não apenas uma, mas duas hipóteses de ver a ‘estranheza’ de Devendra Banhart de perto, nos dias 2 de Agosto, na Casa da Música, no Porto, e no dia 3 de Agosto em Lisboa, no CCB. Ambas as apresentações acontecem às 21:00 horas com ingressos a 20 euros no Porto e entre os 20 e 28 euros em Lisboa.

A abertura do concerto fica a cargo do brasileiro Rodrigo Amarante, membro da banda Los Hermanos e atualmente membro da banda Little Joy, juntamente com Fabrizio Moretti, dos Strokes, e Binki Shapiro. Devendra, aliás, está sempre próximo da música brasileira. Sendo que o artista Rodrigo Amarante participou na canção ‘Rosa’, no seu álbum ‘Smokey Rolls Down Thunder Canyon’, de 2007. Entre as suas principais influências estão Bob Dylan, Caetano Veloso, Secos e Molhados e Novos Baianos.

Devendra Banhart apresenta 'Mala' para os portugueses

‘Mala’, o novo álbum de Devendra, representa um regresso à liberdade artística que sempre acompanhou o músico. Com 14 temas mais dois bônus, o álbum foi muito bem recebido pela crítica e pelo público. E podemos encontrar entre os seus álbuns mais importantes na Billboard americana ‘What Will We Be’, ‘Smokey Rolls Down Thunder Canyon’ e Cripple Crow’. O artista, americano com descendência venezuelana, é também artista plástico. Presença constante nos grandes festivais mundiais, como Glastonbury, Coachella e Bonnaroo. Entre as suas participações especiais, estão a parceria com o artista Beck no álbum cover ‘Songs of Leonard Coen’ e com Marisa Monte e Rodrigo Amarante na versão da música ‘Nú com Minha Música’, entre muitas outras.

Com nove discos gravados em ‘doze anos de carreira, Devendra Banhart é um artista com personalidade marcante. As suas músicas e estilos são facilmente reconhecíveis por aqueles que conhecem a sua arte, denominada por muitos como ‘freak folk’ ou folk esquisito. A sua música é constantemente reconhecida pelo género ‘New Weird America’. O jornal americano The New York Times já chamou às suas canções de ‘free associative work’, ou trabalho de associação livre.

E é toda esta ‘estranheza’ que Devendra Banhart trás à Casa da Música no Porto esta sexta feira e ao grande auditório do CCB no próximo sábado.