Início Nutrição Dieta dos alimentos crus: o que é e que benefícios tem?

Dieta dos alimentos crus: o que é e que benefícios tem?

122
0
Dieta dos alimentos crus: o que é e que benefícios tem?

Descubra quais as vantagens e desvantagens de seguir uma dieta à base de alimentos crus

 

Já alguma vez reparou que, olhando à sua volta, e para além do ser humano, não encontra mais nenhum ser vivo com excesso de peso (à exceção dos nossos animais de estimação exageradamente alimentados)? Já imaginou uma abelha com excesso de peso? Ou uma planta? Poderá isto prender-se com o facto de consumirmos alimentos mais cozinhados, processados e que contêm toxinas artificiais?

A dieta dos alimentos crus/naturais baseia-se no consumo de alimentos não transformados, de origem vegetal. Um mínimo de três quartos da dieta da pessoa deve consistir em alimentos não cozinhados. Uma pessoa que segue este tipo de dieta acredita que quanto maior a porção de comida crua na sua alimentação, mais saudável será, uma vez que os nutrientes não são destruídos.

Grande parte das pessoas que adotam esta dieta é vegetariana (não consumindo alimentos de origem animal), enquanto outra come carne ou outros produtos de origem animal crus.

Dieta dos alimentos crus: o que é e que benefícios tem?

Podemos dividir este tipo de dieta em quatro ramos gerais:

Vegetarianos – os únicos produtos de origem animal consumidos são ovos e produtos lácteos e a maioria dos alimentos consumidos são matérias-primas;

Vegans – A maioria dos alimentos consumidos são matérias-primas e não existe qualquer consumo de produtos de origem animal;

Omnívoros – A maioria dos produtos, tanto de origem vegetal como animal, são consumidos crus;

Carnívoros – A carne é consumida crua.

Esta é uma dieta que envolve um aumento da quantidade de produtos crus ingeridos que não sejam processados e cozinhados, tal como fruta, vegetais, sementes ou nozes. Os alimentos são considerados crus se não forem cozinhados ou caso sejam preparados a uma temperatura inferior a 47o C, temperatura a partir da qual se começam a perder nutrientes essenciais e enzimas.

Os alimentos que, geralmente, estão presentes numa dieta de alimentos crus são: feijões, frutas secas, frutas e vegetais frescos, sumos frescos de frutas e vegetais, grão, legumes, leite de coco, nozes, outros alimentos orgânicos ou naturais que não tenham sido processados, água purificada, algas e sementes, podendo, dependentemente do tipo de dieta, serem ainda incluídos ovos, peixe, carne, leite e outros lacticínios.

Há, no entanto, alimentos que os nutricionistas aconselham a consumir com precaução, quando crus, devido a possíveis toxinas, bactérias, parasitas ou vírus: trigo sarraceno, feijão, brotos de alfafa, mandioca, ovos crus,  ervilhas, sementes de damasco, carnes e leite.

Dieta dos alimentos crus: o que é e que benefícios tem?

Quais são, afinal, os benefícios de seguir uma dieta à base de alimentos crus?

  1. Perda de peso – Utiliza menos enzimas do próprio organismo e o metabolismo aumenta;
  2. Manutenção da perda de peso;
  3. Pele mais hidratada – De acordo com Brenda Watson, autora de “The Detox Strategy”, quando consome alimentos cozinhados, o seu corpo tem de usar seus próprios fluidos para humedecê-la, o que cria um efeito desidratante;
  4. Mais energia – O alimento cru é rico em enzimas, vitaminas e minerais, que permite que o seu corpo digira facilmente os alimentos. Os seguidores desta dieta acreditam que, ao cozinhar os alimentos, esses nutrientes são destruídos, forçando o organismo a utilizar as suas próprias enzimas, que deveriam ser utilizados para outras funções corporais, incluindo o metabolismo e a produção de energia;
  5. Melhores resultados nas análises ao sangue – por exemplo, colesterol;
  6. Diminuição do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

 E as desvantagens?

  1. Requer muita organização, preparação e motivação;
  2. Deficiência de nutrientes – Uma dieta de alimentos crus pode fazer com que perca nutrientes vitais, como cálcio, vitaminas B12 e D, ferro e zinco;
  3. Problemas digestivos – por exemplo, intestino irritável. Algumas pessoas referem que esta condição piora depois de algum tempo.

Existe muita informação sobre comida crua e, caso esteja interessado em seguir este tipo de dieta, deve procurar informar-se, aconselhar-se junto do seu nutricionista e estudar qual a melhor opção para si antes de fazer qualquer mudança drástica nos seus hábitos alimentares.

Fontes:

  • Global Healing Center  – “The Health Benefits of a Raw Food Diet”
  • Livestrong.com – “Advantages & Disadvantages of a Raw Food Diet”
  • Medical News Today – “What Is The Raw Food Diet? What Are The Benefits Of The Raw Food Diet?”