Início Acontecimentos Feira do Livro afinal chega ao Porto em setembro

Feira do Livro afinal chega ao Porto em setembro

92
0
Feira do Livro afinal chega ao Porto em setembro

Afinal, a Feira do Livro vai chegar ao Porto em setembro de 2014, graças à autarquia de Rui Moreira.

 

Afinal sempre vai voltar a haver Feira do Livro na cidade Invicta. Depois de romper as negociações com a APEL, a associação que representa livreiros e editoras, a Câmara Municipal tomou as rédeas e vai agora organizar o evento em setembro deste ano.

A notícia surgiu na tarde de quarta-feira, quando a autarquia de Rui Moreira anunciou também o regresso do evento ao seu local tradicional, os Jardins do Palácio de Cristal.

Feira do Livro afinal chega ao Porto em setembro

A Feira, cuja organização ficará entregue ao Pelouro da Cultura da CM Porto e à empresa municipal Porto Lazer, estará encarregue da logística e do programa cultural, mas deverá, no entanto, apenas ter lugar em setembro, nomeadamente entre os dias 5 e 21, e não em julho, como estava inicialmente previsto.

Outra grande novidade trazida pelo comunicado é o facto de que a Feira, apoiada pela Biblioteca Municipal Almeida Garrett, será organizada totalmente pela Câmara, pela ‘primeira vez em mais de 80 anos’ e ‘estará aberto à participação de todos, desde as livrarias aos alfarrabistas, passando pelos editores e associações e cooperativas do sector’.

A decisão do município terá por base a ponderação sobre a viabilidade do modelo adotado até 2012, e que ao ser considerado inviável obrigou à criação deste novo modelo, que será adotado para futuro, sendo que a autarquia prevê que proporcione ‘ ganhos de competitividade para os participantes e de autonomia para a cidade do Porto’.

Feira do Livro afinal chega ao Porto em setembro

Já quanto ao atraso da data da realização do evento, a CMP justifica-se citando a ‘a avaliação feita relativamente à recetividade dos públicos no que diz respeito à leitura’, que levou à escolha do período do início das aulas, aliada a uma ‘política de melhor distribuição de grandes eventos com potencial cultural e turístico ao longo do ano’.

Recorde-se que a Feira do Livro do Porto não teve lugar o ano passado depois de Rui Rio ter recusado garantir uma compensação financeira à APEL, e correu o risco de não acontecer novamente este ano pelas mesmas razões, que levaram a uma azeda e pública troca de palavras entre CM Porto e APEL através da imprensa.