Início Notícias Gordon Ramsay burlado pelo sogro

Gordon Ramsay burlado pelo sogro

165
0
Gordon Ramsay burlado pelo sogro

A assinatura do famoso chefe de cozinha foi usada indevidamente para arrendar um bar.

 

Já nem se pode confiar na família, e Gordon Ramsay que o diga. O chefe de cozinha foi forçado a despedir vários familiares da empresa que gere o seu império, depois de descobrir que eles usavam o seu dinheiro para fins menos honrosos.

E aparentemente, o pior de todos é mesmo o sogro, Chris Hutcheson. Depois de ter descoberto que o pai da sua esposa usava dinheiros da firma para sustentar a amante, Ramsay está agora envolvido numa batalha judicial com o antigo chefe executivo da Gordon Ramsay Holdings.

Em causa está o arrendamento por 25 anos de um bar gastronómico em nome da empresa, em que Hutcheson deu Ramsay como fiador sem a sua permissão, usando uma máquina que imprime autógrafos automaticamente.

Gordon Ramsay burlado pelo sogro

Ramsay procura alegadamente uma ordem judicial do Supremo Tribunal britânico que o ilibe das responsabilidades pessoais sobre o arrendamento do espaço, dizendo-se devastado pelo facto de o sogro ter usado o aparelho, que deveria ser apenas usado para imprimir autógrafos em merchandising e livros, para falsificar a sua assinatura e conseguir o negócio.

Os documentos referentes ao processo alegam ainda que a assinatura do chefe de cozinha foi forjada noutras ocasiões, e que o que mais o chocou foi que, apesar de ter despedido o sogro, ele e a esposa estão ambos ‘presos’ ao negócio até 2033.

O processo refere-se a um negócio com o ator Gary Love, dono do espaço no norte de Londres, e visa libertar Ramsay das obrigações assentes no contrato inicial. No entanto, e apesar de acreditar que o documento foi assinado electronicamente, Love não aceita que Ramsay não soubesse do negócio., e alega que ele apenas pretende baixar a renda.