Início Notícias Kesha escreve canção sobre a sua vagina

Kesha escreve canção sobre a sua vagina

91
0
Kesha escreve canção sobre a sua vagina

Depois de ter admitido que já tinha provado a sua própria urina, a sempre escandalosa cantora Ke$ha vem agora afirmar que escreve canções com a sua mãe. Era uma atitude muito querida não fosse o facto destas canções dizerem respeito às suas partes intimas. 

 

Assim veio afirmar que a faixa ‘Gold Tans Am’ – que aparece na edição especial do seu último álbum Warrior- inicialmente começou por ser uma ode ao seu amado carro.

Mas algures no processo algo correu extremamente mal e a ode centrou-se na sua vagina…

A cantora de 25 anos disse: ‘Começou por ser uma canção sobre o meu carro, que é um Trans Am dourado, que funciona 40% das vezes. Não tenho outro carro porque adoro muito este. Mas, então, como todas as grandes músicas da pop tornou-se uma metáfora para outra coisa – a minha vagina’.

Kesha escreve canção sobre a sua vagina

Ok..Em primeiro lugar…Isto é a maneira dela dizer aos homens que a vagina dela também só funciona 40% das vezes?!

Aparentemente não, quando ainda afirmou ‘ Mas a minha vagina está em boa forma a funcionar 100% das vezes’.

Demasiada informação cá para mim…

A única parte boa (mas não muito saudável quiçá..) é a ligação que a cantora mantém com a mãe, onde não existem temas tabus.

Kesha escreve canção sobre a sua vagina

Ela ainda admite que a relação das duas poderia ser considerada estranha pelas massas convencionais.

‘Nós escrevemos canções juntas sobre sexo e rapazes. Ainda que possa ser estranho para algum psiquiatra…não analisem. É este o problema com grande parte das culturas que existem. As pessoas sentem-se muito encurraladas para fazerem a coisa certa. Desde que não se magoe ninguém, penso que deveríamos ser livres para satisfazer as nossas fantasias.’

Metáforas ou não…existem certos tópicos que não deveriam ser de conhecimento público. Até porque também não precisamos de saber quantas vezes é que o ‘carro’ precisa de manutenção…