Início Moda Londres na moda

Londres na moda

145
0
Londres na moda

Saiba aqui os pontos mais altos da Semana de moda de Londres que terminou ontem à noite.

 

Depois de ter terminado na passada sexta-feira a semana de moda de Nova Iorque, teve inicio, ainda no mesmo dia 13 de Setembro a Fashion Week em Londres. Apesar de a sua duração ser inferior do que o americano, a capital de Inglaterra manteve-se à altura do desafio.

Londres na moda
Londres na moda

Em modo de abertura foi apresentado o desfile de Felder Felder e logo de seguida a marca Daks lançou as suas modelos na passarela. Que apresentou uma coleção de 33 coordenados que surgiram divididos de uma forma cromática. Isto é, inicialmente apareceram os tons claros, como os rosa pastel, os castanhos-claros, beges e brancos, ao qual, de uma maneira suave, se foi adicionando em tons negros.

A coleção pode-se definir com poucas palavras apenas, uma vez que se encontrava muito vincada em certos termos, como o romantismo, a feminilidade, citadino e clássico.

Londres na moda
Londres na moda

A Topshop Unique apresentou o seu desfile no terceiro dia do evento. Esta que é uma marca mais em conta do que as restantes, apostou num espirito dos anos 90. Onde os materiais que faziam parte dos coordenados eram feitos de seda, material fino e delicado, com a camurça, para os dias mais quentes e as gangas.

As cores que fazem parte da paleta são azuis, verdes, castanhos, amarelos, brancos e pretos. Os padrões marcam grande parte das peças, misturados com tecidos lisos.

Vestidos fluido, calções largos e calças de cinta descaída, as peças eram muitas, mas todas elas tinham algo em comum: o conforto e a descontração.

Londres na moda
Londres na moda

Francesca Rubino, diretora criativa da nova marca Moshino Chepa and Chic decidiu apresentar algo de alegre, que com certeza contrastou com os tempos difíceis da atualidade.

A marca não apresentou nenhum desfile, em vez disso apresentou as suas peças numa instalação realizada num armazém com papel de cenário onde o por do sol e as palmeiras não poderiam faltar.

O clima estava em tudo relacionado com Barbei vai para Miami Basel. Onde cores de rosas, brancos, amarelos e verdes faziam parte da paleta de cores e as modelos pareciam bonecas com vida numa ilha paradisíaca.

A coleção é sem dúvida marcante pela energia positiva que transmite.

Londres na moda
Londres na moda

Claro que não poderia haver uma semana de moda em Londres sem a apresentação de Vivienne Westwood. Se bem que os seus desfiles não se tratam apenas de moda, mas principalmente de uma forma de crítica à situação politica mundial.

Vivienne esforça-se por mudanças na vida da sociedade, sendo que as cores e as peças não são o mais importante, mas sim a mensagem que esta quis passar.

As modelos surgiram com caras pintadas, cabelos despenteados à la Marie Antoinette. No início do desfile surgiu Lily Cole a interpretar o tema musical The Red Shoes. Cujo valor simbólico passa pelas pessoas e animais que querem fugir das alterações climáticas, mas que não têm para onde ir.

Até nos lugares dos convidados haviam panfletos com campanhas para a Revolution Clima e da Justiça Ambiental.

Depois de terminado a Semana de Moda na cidade de Londres, tem inicio hoje, dia 18 de setembro, a de Milão.