Início Notícias Mansão da Playboy tem mais regras do que luxo

Mansão da Playboy tem mais regras do que luxo

117
0
Mansão da Playboy tem mais regras do que luxo

Gémeas britânicas Carla e Melissa Howe revelam como é realmente viver junto de Hugh Hefmer.

 

Desengane-se quem pensa que a Mansão da Playboy é feita de luxo, mulheres bonitas e festas loucas. A verdade é que os dias de ostentação, em que a mais famosa casa de sexo do mundo era o palco dos mais exóticos – e eróticos – eventos e festas de celebridades parecem ter passado, e hoje em dia a mansão de Hugh Hefner ‘é mais como uma prisão’ com regras extremamente rigorosas.

Mansão da Playboy tem mais regras do que luxo

Quem faz a revelação são as gémeas britânicas Carla e Melissa Howe, que vivem parcialmente na mansão mais famosa do mundo, e já foram namoradas de conhecidos jogadores da Premier League como Mario Balottelli e Ashley Cole, respetivamente.

Segundo as irmãs, uma combinação de fatores que incluem a recessão económica, a idade e o casamento mais recente de Hugh Hefner tornaram a Mansão num lugar muito diferente daquele que perdura nas mentes de muitos homens, em que as coelhinhas são sujeitas a regras rigorosas, festas privadas para aqueles que estejam dispostos a alugar o local e nem sequer recebem as regalias que antes atraiam as mulheres para o negócio.

Em declarações a um jornal, Carla e Melissa explicam que todas as coelhinhas são sujeitas a estar na Mansão imperativamente às 9 da noite, sob pena de serem expulsas sem possibilidade de regresso e não podem receber visitas, particularmente de homens. E o mais incrível é que as regras se aplicam também a Crystal, esposa de dois anos de Hefner, que teve numa ocasião de ficar fora uma noite em trabalho, mas regressou o mais cedo possível no dia seguinte.

Mansão da Playboy tem mais regras do que luxo

E se pensa que as meninas são recompensadas pelo seu bom comportamento, está mais uma vez enganado. De facto, a ‘semanada’ oferecida às modelos já não existe, e elas têm agora direito a pouco mais do que a ‘cama, comida e roupa lavada’. Até o Porsche oferecido à ‘Coelhinha do Ano’ foi substituído por um MINI Cooper, e ‘tem de ser devolvido ao fim de um ano!’, segundo revela Carla Howe.

Em compensação, as habitantes da casa também já não dormem com Hefner, o que é um alívio para as jovens. De facto, o octogenário apenas dorme com a mulher, Crystal, hoje em dia, e é ‘mais como um avô’, que gosta de jogar ténis e obriga todas as suas hóspedes a fazer sessões de cinema todos os fins de semana, incluindo a exibição de filmes clássicos dos anos 50.

Pode não ser o sonho de muitos homens, mas é certamente uma vida confortável que muitas mulheres não se importariam de ter.