Início Acontecimentos Marca de calçado português em reportagem da CNN

Marca de calçado português em reportagem da CNN

161
0
Marca de calçado português em reportagem da CNN

Estação norte-americana elogia o sucesso da marca portuguesa Fly London.

 

A CNN veio conhecer a fábrica da marca de calçado português, Fly London, situada em Guimarães, e ficou surpresa com o sucesso que estes têm no meio de um país que está a atravessar uma economia mais debilitada.

Na reportagem da estação norte-americana podemos ouvir “A produção de sapatos, que é uma das indústrias tradicionais mais antigas do país, está a sair de fora do mapa para encontrar uma nova saída da crise através da exportação. Alguns deles estão a descobrir novas formas de se deslocarem para países estrangeiros.”.

Fundada em 1994, a conhecida marca que tem uma mosca como logótipo, Fly London, é uma das produtoras de calçado português com maior sucesso a nível nacional e a dar passos largos para o triunfo internacional.

Ao longo da reportagem é possível observar como uma fábrica de calçado funciona, a CNN mostra todo o processo, do design, passando pelo coser e colagem até à produção final. Os sapatos da marca Fly London abrangem vários estilos do “prático ao funcional e saltos altos”.

Marca de calçado português em reportagem da CNN
Logo da marca

O nome da Fly London não é certamente uma linhagem representativa da língua portuguesa, mas certamente oferece a possibilidade da marca caminhar para um mundo lá fora. Alfredo Moreira, diretor executivo da Associação Portuguesa de Calçado, elucida que a escolha por “nomes anglo-saxónicos encaixa perfeitamente com a economia atual aberta e globalizada”.

Pensar de uma forma “fora da caixa”, ou seja, mais aberta e além do que é suposto, são seguramente características que Alfredo Moreira acredita serem aquelas que melhor competem com a “forte concorrência” que existe. A Fly London compete com marcas como Camport, Eject,Nobrand, Mack James e Softwaves.

Fortunato Frederico, diretor da marca portuguesa, afirma que as empresas devem também apostar nas novas tecnologias de modo que possa “fazer das encomendas um processo mais rápido e simples”.

Atualmente, a Fly London está presente em cerca de 130 países, entre os quais Angola, Croácia, Rússia e Dinamarca.

Veja aqui a reportagem: