Início Notícias Miley Cyrus gera novamente controvérsia nos prémios da MTV

Miley Cyrus gera novamente controvérsia nos prémios da MTV

126
0
Miley Cyrus gera novamente controvérsia nos prémios da MTV

Miley Cyrus gerou novamente controvérsia nos prémios da MTV, desta feita nos Europe Music Awards.

 

Miley Cyrus foi uma das grandes vencedoras da noite, ontem, nos Europe Music Awards, da MTV, em Amesterdão, mas talvez a sua maior vitória tenha sido gerar uma nova controvérsia sobre si mesma.

Miley Cyrus gera novamente controvérsia nos prémios da MTV

A cantora de 20 anos de idade, que abriu o programa com o single ‘We Can’t Stop’, ganhou o prémio de ‘Melhor Vídeo do Ano’ para o polémico ‘Wrecking Ball’, música que também cantou na cerimónia, e desmanchou uma noite até aí relativamente calma, ao aceitar o prémio.

‘Não conseguiria levar o prémio na minha mala’ disse Miley durante o discurso de aceitação do prémio, enquanto segurava uma mala preta e branca, condizente com o fato e casaco de pelo branco que estava usar, ‘mas consigo guardar isto’.

Miley Cyrus gera novamente controvérsia nos prémios da MTV

Miley tirou depois da mala um cigarro enrolado, provavelmente de marijuana, legal na cidade, que acendeu em pleno palco.

Miley, que ganhou o prémio para ‘Melhor Vide do Ano’, abriu a noite com ‘We Can’t Stop’, fazendo uma atuação do outro mundo, completa com uma nave espacial e cantoria desafinada. Mais tarde, a sua rendição de ‘Wrecking Ball’, no entanto, foi considerada um dos momentos altos da noite.

Miley Cyrus gera novamente controvérsia nos prémios da MTV

Outros vencedores dos EMAs incluem Bruno Mars, que arrecadou a ‘Canção do Ano’, com ‘Locked Out Of Heaven’, Justin Bieber, que foi o ‘Melhor Artista do Ano’, Eminem, que apesar de problemas técnicos na sua atuação foi o ‘Artista HipHop do Ano’, e Filipe Pinto, que ganhou o ‘Best Portuguese Act’, entregue pela MTV Portugal.