Início Moda O melhor da moda de Milão parte I

O melhor da moda de Milão parte I

131
0
O melhor da moda de Milão parte I

Acompanhe aqui o melhor da moda masculina italiana.

 

A semana de moda masculina de Milão tem estado a decorrer ao longo dos últimos dias. Esta teve início no dia 22 e terminou ontem com a apresentação de Marc Jacobs.

Os designers mostraram a todo o mundo as coleções para a próxima primavera-verão.

Dolce & Gabbana apresentou logo no primeiro dia, tendo sido uma das coleções que mais se destacou. A sua coleção teve como fonte de inspiração o povo de Sicília. Com especial destaque para Zeus, Apolo e Um Ulisses moderno.

As peças de roupa surgiram com estampados de variadas imagens provenientes da Grécia, como templos, paisagens e plantas.

 

O melhor da moda de Milão parte I

 

O designer Jil Sander, que também apresentou no primeiro dia, apresentou uma forma de inspiração completamente diferente da dupla anterior. A sua infância, foi a referência que o levou a criar a sua coleção repleta de calções largos com cores entre os laranjas, verdes, pretos, azuis e brancos.

 

O melhor da moda de Milão parte I

 

Como não poderia deixar de faltar, Donatella Versace conseguiu voltar a inovar e a dar que falar com as suas criações masculinas.

As cores são garridas e berrantes, constituídas por pigmentos amarelos, cor de vinho, verdes e azul denim.

 

O melhor da moda de Milão parte I

 

O desfile de Bottega Veneta foi diferente, pelo fato de relembrar os tempos mais antigos. O primeiro modelo masculino a pisar a passadeira, trazia um fato de flanela de cor cinzenta. Era portanto um clássico, daqueles que nunca se esquecem e que nunca passa de moda. Esta coleção levou o público a voltar atrás no tempo, para a época dos anos 50.

As cores apresentaram-se nobres, os casacos e as calças de fato e claro, as camisas brancas. O grafismo também surgiu, de uma forma muito sóbria, com quadrados, xadrez e riscas.

 

O melhor da moda de Milão Parte I

O desfile de Trussardi também foi apresentado durante o dia 23 de Junho. Este teve mais uma vez a incorporação do minimalismo. Apesar disso, esta coleção foi de certa forma especial, uma vez que revelou o talento do novo diretor criativo da marca, que se instalou no início de 2013.

O melhor da moda de Milão parte I

O material de eleição foi o couro e os tons derivaram dos nudes, beges e areia. A atmosfera criada pelas roupas apresentadas remetem para o deserto, à liberdade e ao espaço aberto.