Início Saúde Nutrição O Queijo e a Saúde: Conheça a Verdade

O Queijo e a Saúde: Conheça a Verdade

159
0

O queijo também tem benefícios e os especialistas explicam os seus valores nutricionais

 

O queijo é, para muitos, um prazer muito grande. Será isso sinónimo de que não será assim tão saudável?

Existem diversos tipos de queijo no mercado, cada um deles com sabores e valores nutricionais distintos. A nutricionista Tânia Rodrigues afirma ser um alimento que pode ser consumido em qualquer altura do dia e em qualquer prato.

O Bem Estar, programa da TV Globo dedicado à saúde, alimentação e bem-estar, seleccionou alguns queijos e apresentou os seus benefícios para a saúde, assim como as respectivas diferenças entre eles.

O queijo Provolone, por exemplo, é o que contém maior quantidade de cálcio e, segundo o especialista Bruno Muzzi, é extremamente importante uma alimentação rica em cálcio para fortalecer a nossa estrutura óssea e evitar a osteoporose. A dieta e o estilo de vida também influenciam, para além da genética, o crescimento dos ossos e a sua manutenção, o que corresponde entre 30% a 40% da densidade óssea do organismo.

A Organização Mundial de Saúde recomenda a ingestão de, no mínimo, um litro de leite por dia, o que equivale a 1000mg de cálcio. Tendo em conta o queijo Provolone, com 100g adquirimos mais que as 1000g de cálcio recomendadas.

O leite é mais rico em cálcio que o queijo. No entanto, o queijo é mais rico em proteínas, principalmente o Parmesão, pois para se produzir um quilo de queijo são necessários muitos litros de leite (por exemplo, 1kg de Parmesão leva mais de 20 litros de leite). A proteína do queijo é, ainda, mais facilmente digerida que a do leite, na medida em que uma etapa da digestão é realizada no processo de coagulação do alimento. Os especialistas afirmam que quanto mais maturado o queijo, mais rico em proteínas, mas também mais elevado é o teor de gordura, daí que deva ser consumido com moderação. A cor amarelada do queijo, regra geral, significa maior quantidade de gordura, não sendo, contudo, uma regra. O queijo Gorgonzola é o mais gorduroso de todos. A maturação do queijo, para além da gordura, aumenta também a quantidade de lactose.

O queijo Mozarela é bastante utilizado pelas pessoas para cobrir ou rechear alimentos, porém, existem outros que o podem substituir e, assim, inovar nas refeições, como é o caso do Parmesão ou do Gorgonzola, que podem ser adicionados como tempero para macarrão ou salada porque substituem o sal.

 

Os queijos podem, sem dúvida, ser parte de uma dieta saudável se soubermos quais as melhores escolhas e como os utilizar. A My Recipes, parte integrante da revista Health, revelou os benefícios nutricionais de seis queijos que podem ser facilmente incluídos em dietas alimentares.

 

Parmesão

O Queijo e a Saúde: Conheça a Verdade

O Parmesão tem uma textura granulada e um sabor de noz e amanteigado que se intensifica com a idade. Tem maior quantidade de cálcio e menor de sódio do que muitos outros queijos e uma colher de sopa tem apenas 23 calorias. O seu sabor picante possibilita que use menos quantidade e ainda assim obtenha um grande retorno em sabor. O processo de envelhecimento também reduz o teor de lactose, tornando parmesão mais fácil de digerir, caso tenha intolerância à lactose.

Ricota

O Queijo e a Saúde: Conheça a VerdadeO Queijo e a Saúde: Conheça a Verdade

Suave, cremoso e levemente adocicado, ricota é um dos queijos mais versáteis, indo de lasanhas e molhos a sobremesas. Trata-se do lacticínio com a segunda maior fonte de cálcio, tem baixo teor de sódio e é uma boa fonte de proteínas e selénio, um antioxidante.

Feta

O Queijo e a Saúde: Conheça a VerdadeO Queijo e a Saúde: Conheça a Verdade

Na Grécia, era feito a partir de leite de ovelha ou de cabra, nos EUA, geralmente é feito com leite de vaca. De qualquer maneira, tem um sabor salgado e picante que vem da cura do queijo em salmoura, o que faz com que o teor de sódio seja elevado. Ainda assim, é uma boa fonte de proteínas, riboflavina, cálcio e fósforo. Evite Feta durante a gravidez, pois queijos moles, como o Feta, podem ser facilmente contaminados com listeria, uma bactéria que pode ser transferida para o bebé.

Queijo Cottage

O Queijo e a Saúde: Conheça a VerdadeO Queijo e a Saúde: Conheça a Verdade

Existe em várias variedades, mas todos eles possuem uma cor branca brilhante, uma textura irregular e um sabor clássico. Um queijo cottage é baixo em gordura e carboidratos, mas elevado em proteínas e cálcio. A sua desvantagem é ser rico em sódio.

Queijo de cabra

O Queijo e a Saúde: Conheça a VerdadeO Queijo e a Saúde: Conheça a Verdade

O queijo de cabra pode ser cremoso, quebradiço, ou semi-firme. Tem um aroma suave e um sabor forte e picante. Tem menos teor de gordura e calorias que o queijo feito de leite de vaca e é rico em proteínas. É de fácil digestão, tornando-se uma boa escolha, caso tenha intolerância à lactose. Evite queijo de cabra durante a gravidez, visto que pode conter bactérias que podem ser prejudiciais ao bebé.

Queijo Gouda

O Queijo e a Saúde: Conheça a VerdadeO Queijo e a Saúde: Conheça a Verdade

Este queijo é cremoso e tem um sabor rico e amanteigado, o que poderá fazer com que não o associe a um queijo saudável. É uma excelente fonte de cálcio, é um pouco mais baixo em gordura e calorias do que o Cheddar, mas tem maior teor de sódio.

 

 

Fontes:

  • My Recipes – “The Truth About Cheese and Health”
    (http://www.myrecipes.com/healthy-diet/cheese-nutrition-facts-10000001956038/)
  • Bem Estar – “Veja quais são os benefícios à saúde e as diferenças entre os queijos”
    (http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/01/veja-quais-sao-os-beneficios-saude-e-diferencas-entre-os-queijos.html)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui