Início Bem Estar Os benefícios de ter um animal de estimação

Os benefícios de ter um animal de estimação

129
0
Os benefícios de ter um animal de estimação

Os animais de estimação não são apenas uma excelente companhia. Para além de amigos fiéis, os benefícios que proporcionam à nossa saúde são diversos.

 

Já há cerca de 25 anos que os investigadores têm mostrado que viver na companhia de animais de estimação é benéfico para a saúde. A sua dedicação para connosco tem a capacidade de nos elevar o humor, mas existem muitos mais benefícios físicos e mentais.

Se o seu animal de estimação é um cão, é fácil adivinhar qual o benefício que mais salta à vista: atividade física! Passear o seu animal de estimação ou brincar com ele, é uma ótima forma de queimar calorias e manter a linha.

Um estudo levado a cabo pela Associação Psicológica dos Estados Unidos, publicado no Journal of Personality and Social Psychology, revelou que os animais de estimação são, para quem os tem, uma fonte de apoio social e emocional. Esta investigação indicou que a relação desenvolvida entre as pessoas e os seus animais de estimação era tão próxima quanto aquelas que desenvolviam com os seus amigos mais chegados, mostrando que este tipo de interação não se limita a relações humanas.

Os benefícios de ter um animal de estimação

Allen McConnel, um dos investigadores, afirma que as pessoas que possuem animais de estimação “têm mais qualidade de vida e conseguem resolver melhor diferenças individuais do que as que não os têm”, acrescentando que “os donos de animais têm mais autoestima e estão em melhores condições físicas. Além disso, tendem a ser menos solitários, são mais conscientes do que ocorre à sua volta, são mais extrovertidos e, normalmente, são menos receosos e preocupados”. Allen afirmou ainda que os resultados revelaram “provas consideráveis” de que “os animais de estimação beneficiam a vida dos seus donos tanto no âmbito psicológico como no físico, já que representam uma importante fonte de apoio social”.

Vários estudos já mostraram que o dono de um animal tem mais probabilidade de sobreviver a uma doença que coloque em risco a sua vida (por exemplo, um ataque cardíaco) e, habitualmente, pessoas que possuam animais não necessitam de recorrer tanto aos serviços de saúde ou de tomar medicamentos, comparativamente com as pessoas que não têm animais de estimação.

Um estudo do Departamento de Saúde dos EUA revelou que 28% dos pacientes que tiveram um ataque cardíaco grave e que tinham um animal de estimação sobreviveram, enquanto que, dos que não tinham animais, apenas 6% sobreviveram.

Os donos de animais apresentam níveis mais baixos de colesterol, de triglicéridos, pressão arterial mais baixa, pulsação menos acelerada e menor pressão sanguínea, acreditando-se que tais benefícios estão relacionados com o sentimento sincero que o animal sente por nós, proporcionando-nos uma sensação de relaxamento. O nível de colesterol, por exemplo, desce, em média, 2%, reduzindo o risco de doenças cardíacas.

Algo que provavelmente não esperava, é que ter um animal por perto ajuda a prevenir alergias! É verdade! As crianças que têm algum tipo de animal de estimação têm menos probabilidade de desenvolver asma ou outras alergias associadas aos animais, pois estar perto do animal irá ajudar a criar e reforçar o sistema imunitário da criança. De acordo com James E. Gern, investigador e pediatra na Universidade de Wisconsin-Madison, “os animais são sujos e isso faz com que os bebés que estejam mais expostos à sujidade e alergénios tenham um sistema imunitário mais forte”.

Os benefícios de ter um animal de estimação

Para além dos benefícios físicos, não podemos esquecer os que nos são proporcionados a nível mental. As crianças de famílias que possuem animais de estimação têm tendência para serem mais autoconfiantes, têm maior probabilidade de vir a lidar melhor com certas situações sociais, a funcionar melhor a nível emocional, a ter maior facilidade de entendimento da comunicação verbal e não-verbal e a lidar melhor com problemas familiares, como, por exemplo, o divórcio dos pais. As crianças com animais de estimação também se sentirão menos ansiosas na época dos exames. Outro ponto importante prende-se com o facto de que ter um animal de estimação é uma boa forma de fazer com que as crianças aprendam a ter responsabilidades. O animal também reduz a tensão presente no ambiente familiar, pois é um ótimo companheiro para as brincadeiras. Ter animais por perto reduz o stress, a ansiedade e a depressão! Eles têm por nós um amor incondicional e o seu companheirismo impede que nos sintamos sozinhos e vários estudos já revelaram que nos permitem ultrapassar mais facilmente situações complicadas e de stress, como por exemplo, o luto.

Os animais são ainda muito importantes para os mais idosos. Lynette Hart, doutorada e professora adjunta na Universidade da Califórnia, na Davis School of Veterinary Medicine, afirma que “os estudos têm revelado que os pacientes com Alzheimer têm menos crises de ansiedade se tiverem um animal em casa”. Hart acresenta ainda que “quem cuida das pessoas mais idosas também se sente menos sobrecarregado quando existe um animal de estimação, especialmente se se tratar de um gato, pois, normalmente, exige menos cuidados que um cão”. Para além disto, passear e cuidar de um animal (para as pessoas mais idosas que têm capacidade de o fazer) ajuda não apenas a nível de exercício físico como de companheirismo.

Também não nos podemos esquecer de como os animais nos ajudam a fazer novas amizades (ou, quem sabe, marcar encontros amorosos!): quando os levamos a passear, as pessoas tendem a aproximar-se muito mais facilmente e eles são sempre um bom tópico de conversa! Os cães são ótimos para fazermos novos conhecimentos!

 

Fontes:

  • Ciência Hoje – “Estudo comprova benefícios de se ter animais de estimação”
  • Lizz Cassidy – “The Benefits of Owning a Pet”
  • WebMD – “5 Ways Pets Can Improve Your Health”