Início Moda Os sapatos têm outro criador

Os sapatos têm outro criador

155
0
Os sapatos têm outro criador

O famoso designer de sapatos Jimmy Choo parece que afinal não tem a capacidade de os desenhar.

 

No mundo da moda, quando alguém diz o nome Jimmy Choo, a primeira coisa que vem à cabeça são sapatos. Isto porque, este homem de origem chinesa, é um designer conceituadíssimo na execução deste tipo de acessórios. A sua marca, com a mesma designação do seu nome, ficou conhecida ao longo destes últimos anos, como a melhor no que diz respeito a sapatos para mulher.

Os sapatos têm outro criador

No entanto, a verdade cai agora através das palavras de Tamara Mellon. Que para quem não conhece é uma mulher londrina com imenso potencial para a criação de acessórios. Tamara é a cofundadora da marca Jimmy Choo, que teve início em 1996. A qual Jimmy deixou em 2011 e Tamara mais de dez anos depois.

Tamara Mellon lança agora a sua autobiografia, onde faz algumas declarações inesperadas sobre o designer Choo. O livro tem a designação de In Her Shoe, e conta que Jimmy nunca desenhou um único par de sapatos, durante a sua permanência na empresa. Ela diz que Jimmy nunca foi capaz de criar uma coleção, e que ela tinha montado um negócio com um suposto “Creative head”,mas que na verdade não tinha nada de criativo.

Os sapatos têm outro criador

Ao que parece, a responsabilidade dos designs dos famosos sapatos pertencia à sobrinha de Choo, Sandra Choi. Tamara argumenta ainda que a ideia original dela e de Jimmy, quando iniciaram a empresa, era que a parte do desenho ficasse ao encargo dele, enquanto Tamara iria preocupar-se com as operações de negócio.

Rapidamente a verdade veio ao de cima, e Jimmy não era um designer mas sim um bom sapateiro, ou seja, ele não conseguia criar algo de novo. A sua habilidade de sapateiro proveio de seu pai, que tinha essa profissão na Malásia.

Os sapatos têm outro criador

Apesar de ambos terem abandonado a empresa que desenvolveram, esta estava a ter bastante sucesso. De tal modo, que receberam o Prémio do Conselho Britânico de Moda.

Para além da sua vida e experiencia profissional, o livro conta também com outros assuntos mais pessoais. Nomeadamente os seus problemas com o álcool e as drogas, que a levaram mais tarde à reabilitação.

Para quem for fã desta mulher tão experiente no mundo dos negócios, poderá estar na Harrods, do Reino Unido, dia 11 deste mês, para a sua única sessão de autógrafos.