Início Bem Estar Pelos faciais na mulher: Um sinal de SOP?

Pelos faciais na mulher: Um sinal de SOP?

94
0
Pelos faciais na mulher: Um sinal de SOP?

Se sofre de hirsutismo ou tem alguém próximo que padeça deste mal, então este artigo é para si…

 

A síndrome dos ovários poliquísticos ou SOP é responsável por vários sintomas desagradáveis devido ao aumento da produção de androgénios (hormonas masculinas). O aparecimento de pelos faciais na mulher é um destes sintomas. Também conhecido por hirsutismo, o excesso de pelos faciais torna-se frustrante, obrigando a que a mulher se depile com frequência para que a sua pele da cara mantenha uma boa aparência.

Segundo os especialistas da clínica 121doc: “Para uma mulher, o crescimento excessivo de pelos escuros e densos na face pode ser devastador e comprometer a sua feminilidade.“ Por este motivo, são necessárias alternativas eficazes que lhe permitam uma fácil adaptação no seu quotidiano e forneçam resultados o mais permanente possíveis.
 

Que métodos podem ajudar a eliminar os pelos faciais?

 

A síndrome dos ovários poliquísticos para além de levar ao excesso de pelos faciais, é responsável pelo aumento de peso e pelo acne. Caso este último sintoma esteja presente juntamente com o excesso de pelos faciais, pode ser recomendado o tratamento com uma pílula contraceptiva com potencial anti-androgénico. A pílula contraceptiva ajuda a regular as hormonas no organismo da mulher, sendo no caso deste síndrome recomendada uma pílula com elevados níveis de estrogénio, de forma a contrariar os efeitos dos androgénios.

Pelos faciais na mulher: Um sinal de SOP?Para as mulheres que procuram uma solução mais localizada ou não possam sofrer os efeitos das elevadas concentrações de estrogénio, pode ser recomendada a remoção definitiva dos pelos a laser. Apesar de o tratamento a laser ser uma boa opção para a eliminação permanente dos pelos faciais, este tratamento pode estar desaconselhado a algumas mulheres e causar hipersensibilidade na pele. Neste caso, pode ser aconselhado um tratamento tópico em creme, rico em eflornitina, para aplicação diária na área afetada.

Antes do tratamento com qualquer um dos métodos mencionados acima, é importante consultar o seu médico para a avaliação da sua condição e da melhor forma de tratamento para si. Cada mulher é uma mulher e a mesma hipótese terapêutica pode não estar indicada em todos os casos.