Início Notícias Primeiro-ministro norueguês é taxista por um dia

Primeiro-ministro norueguês é taxista por um dia

146
0

O primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg, passou a tarde a conduzir um táxi para saber a verdadeira opinião dos seus eleitores

 

Jens Stoltenberg admite que os táxis são dos poucos sítios onde os noruegueses revelam as suas verdadeiras opiniões, e que portanto decidiu adotar o uniforme de taxista, os óculos de sol e fazer-se à estrada para ter contacto com o eleitorado, no passado mês de junho.

Stoltenberg apenas revelou a sua verdadeira identidade aos passageiros do seu turno como taxista quando estes o reconheceram.

Primeiro-ministro norueguês é taxista por um dia

Imagens da bizarra experiência foram captadas pelo chefe do governo norueguês em conjunto com uma empresa de comunicação, e publicadas no facebook de Stoltenberg. As imagens deverão ser novamente usadas no vídeo de campanha do político, em setembro.

Para fazer o vídeo, terá sido pedido a alguns passageiros que esperassem pelo táxi sem que soubessem quem os conduziria, enquanto outros passageiros foram ‘apanhados’ ao acaso. A maioria deles parece descobrir bastante depressa que algo de estranho de passa, com um a dizer ‘deste ângulo, o senhor parece o Stoltenberg’, enquanto uma senhora diz-se contente por tê-lo encontrado, pois ‘queria escrever-lhe uma carta’.

Nenhum dos passageiros pagaram as suas viagens por Oslo durante a experiência, em que o seu motorista, mais acostumado a ocupar o banco de trás nos táxis da capital norueguesa, os fez falar de política, podendo ser visto no filme a discutir educação com um dos seus passageiros, por exemplo.

Primeiro-ministro norueguês é taxista por um dia

Stoltenberg confessou já não conduzir há oito anos quando criticado pela sua má condução, e por isso quando lhe perguntaram se consideraria tornar-se taxista no caso de perder as eleições, tendo em conta a sua queda nas sondagens, respondeu que ‘os passageiros de táxis estão mais bem servidos se eu for Primeiro-ministro e não taxista’.

‘É importante para mim saber o que as pessoas pensam. E se há sitio onde as pessoas dizem o que pensam sobre a maioria das coisas, é o taxi’, revelou ainda o primeiro-ministro norueguês aos media do seu país.