Início Acontecimentos Rainha de Inglaterra oferece empregos seriamente mal pagos

Rainha de Inglaterra oferece empregos seriamente mal pagos

24
0
Rainha de Inglaterra oferece empregos seriamente mal pagos

A remuneração oferecida para dois empregos no Palácio de Windsor está abaixo do mínimo recomendado.

 

Quando pensamos em países cujos trabalhadores são pagos abaixo do nível de vida, certamente não pensamos no Reino Unido, para onde tantos portugueses ainda imigram. E muito menos nos passaria pela cabeça acusar a Rainha de sovinice.

No entanto, o site oficial da Monarquia está neste momento a publicitar duas ofertas para o Palácio de Windsor, pelas quais os candidatos serão pagos apenas uns cêntimos acima do salário mínimo nacional.

Rainha de Inglaterra oferece empregos seriamente mal pagos

Ainda mais chocante é o facto de que a oferta – £6.65 por hora, para um horário de 20 horas semanais, incluindo fins-de-semana – está £1 abaixo do mínimo recomendado, uma convenção anual que estipula o ‘mínimo de sobrevivência’, de acordo com o nível de vida do país para esse ano, e que os patrões por norma praticam voluntariamente.

Como se isso não bastasse, as posições – empregado de balcão e vendedor na Loja Agrícola do Palácio – ainda pedem candidatos ‘entusiastas’, prontos a produzir um ‘nível excepcional de apoio ao cliente’, e exigem ainda experiencia prévia.

Esta não é a primeira vez que a Família Real oferece empregos mal pagos. No entanto, usualmente a falha é compensada por certos benefícios, como acomodações, que não estão disponíveis neste caso. No entanto, os trabalhadores recebem ‘almoços grátis’ diariamente e uma contribuição de 15% para um fundo de reforma.

A Família Real tinha previamente causado uma situação semelhante quando em 2012 oferecia uma posição nas limpezas que era também paga abaixo do mínimo recomendável, e há quem defenda que a Rainha, que recebe perto de £40 milhões anuais só em dinheiros públicos, deveria ser obrigada a pagar o mínimo recomendável, de modo a dar o exemplo aos patrões do sector privado.