Início Bem Estar Sestas melhoram memória das crianças

Sestas melhoram memória das crianças

139
0

As sestas são importantes para a consolidação da memória e para a aprendizagem das crianças em idade pré-escolar.

 

As crianças em idade pré-escolar têm que processar a informação que receberam durante o dia. E uma sesta à tarde pode contribuir para melhorar a sua memória e capacidade de aprendizagem, revela um novo estudo, publicado na revista “Proceedings of the National Academy of Sciences”.

Para o estudo os investigadores da Universidade de Massachusetts Amherst, nos EUA, contaram com a participação de 40 crianças em idade pré-escolar às quais foi dada uma tarefa de visualização espacial similar aos jogos de memória. Neste jogo, as crianças veem várias imagens e têm de recordar onde as diferentes imagens estão localizadas.

Normalmente, num dia típico, as crianças em idade pré escolar acumulam a informação registada durante o dia, aprendendo o abecedário, resolvendo problemas matemáticos e interagindo socialmente em áreas cerebrais de armazenamento a curto prazo, explicou Rebecca Spencer, autora principal do estudo e neurocientista na Universidade de Massachusetts, em Amherst. Ora, uma sesta,  especificou, “permite que a informação passe do armazenamento temporal a um armazenamento mais permanente”, mais exatamente, do hipocampo às áreas corticais do cérebro.

Antes da realização do jogo, todas as crianças foram sujeitas a uma de duas condições: dormir a sesta na escola durante cerca de 77 minutos ou não dormir de todo. A memória das crianças foi testada após estas duas condições e novamente no dia a seguir, de forma a averiguar se o sono noturno afetava os resultados dos testes realizados.

O estudo apurou que, comparativamente às crianças que faziam sesta, as que não faziam esqueciam-se da localização de um maior número de peças, 75% versus 65% de precisão. Desta forma, após a sesta, as crianças lembravam-se 10% mais da localização das peças do que quando se mantinham acordadas.

Os resultados também sugeriram que, quando a criança se mantinha acordada durante a tarde, o benefício associado à sesta não era recuperado durante o sono da noite. Adicionalmente parecia haver um benefício adicional no facto do sono ocorrer perto do momento de aprendizagem, tendo os cientistas concluído  que as que não dormiram uma sesta esqueciam significativamente mais coisas que as que dormiram. Além disso, o estudo mostrou que uma criança não recupera a memória ao dormir durante a noite.

Sestas melhoram memória das crianças

Com este estudo, torna-se evidente “uma relação de causalidade entre os sinais de que o cérebro está a integrar a informação nova e o benefício obtido mediante a sesta para  a memória”, salientou Spencer, defendendo a importância de não banir este período de descanso em idade pré-escolar e, inclusive, de explorar “modos de melhorar a experiência da sesta, com quartos escuros e camas ou almofadas cómodas, por exemplo”.