Início Notícias Spice Girls e Backstreet Boys podem fazer digressão juntos

Spice Girls e Backstreet Boys podem fazer digressão juntos

95
0
Spice Girls e Backstreet Boys podem fazer digressão juntos

No ano que a girl band comemora 20 anos, elas pensam em fazer concertos junto com a boy band

 

Que os Backstreet Boys estão a fazer concertos já não é novidade. Mas a união das bandas pop de mais sucesso da década de 1990 é a surpresa do momento! As Spice Girls e os Bakcstreet Boys podem vir a fazer a digressão juntos, em comemoração aos 20 anos da girl band britânica. Os concertos ainda não estão confirmados, mas há grande possibilidade de se tornarem realidade.

Os fãs não precisam ficar muito animados com a notícia desde já porque é apenas um “talvez”, segundo o BSB’s Brian Littrell. Mas para quem cresceu a ouvir essas bandas, um “talvez” pode já ser o suficiente. “We are actually in early talks about maybe doing a world tour together with the Spice Girls,” contou BSB’s Brian Littrell ao jornal britânico The Sun.

Spice Girls e Backstreet Boys podem fazer digressão juntos

Os Backstreet Boys entraram em digressão pela Europa no mês passado. O primeiro concerto europeu foi em Portugal, onde os rapazes da boy band norte-americana atuaram no Campo Pequeno, em Lisboa.

A possibilidade da união dos grupos está nas mãos das Spice Girls. Se depender da Mel B, logo, logo sairão todos juntos em digressão comemorativa. “It will be our 20th year anniversary next year so I’m hoping we do get together and do something. It kind of would be a shame if we didn’t,” disse a Scary Spice em entrevista à MTV News.

Spice Girls e Backstreet Boys podem fazer digressão juntos

Há muitas esperanças de que Emma, Mel C e Geri concordem com a digressão dos 20 anos do grupo, mas Victoria Beckham será difícil de convencer, de acordo com entrevista que ela deu à revista Vogue Paris. “I realized it was finished for good in 2008, when we reformed for our reunion tour. It should have been the best moment of my life, but I just wanted to be elsewhere. It wasn’t a lack of respect for the girls or the audience, but the passion just wasn’t there.”