Início Notícias Telemóveis descarregados banidos em viagens para EUA

Telemóveis descarregados banidos em viagens para EUA

100
0
Telemóveis descarregados banidos em viagens para EUA

Autoridades americanas lançam novas regulações por causa do medo de ataques com bombas em aviões.

 

Mais um ponto a acrescentar à longa lista de restrições de segurança para aqueles que desejam viajar de avião para os EUA. A Transportation Security Admnistration (TSA) declara agora que não vai permitir a entrada de telemóveis sem a bateria carregada em aviões que partam de certos aeroportos na Europa, Médio Oriente e África em direção aos Estados Unidos, de modo a prevenir bombardeamentos em aeronaves.

Telemóveis descarregados banidos em viagens para EUA

Apesar de os principais alvos das medidas serem smartphones, nomeadamente iPhones e Samsung Galaxy, tablets e computadores podem também ser vigiados pela segurança dos voos, e os seus donos poderão ter de os ligar, atrasando o embarque.

A nova regulação pretende evitar ataques por parte de bombistas da Al Qaeda, prevenientes do Iémen e da Síria, que têm já usado métodos semelhantes em tentativas de ataque frustradas.

A TSA não revelou quais aeroportos serão alvos das certamente perturbadoras meninas excecionais, mas a BBC reporta que buscas de segurança do género já foram conduzidas em Heathrow, o maior aeroporto de Londres.

Em comunicado, a TSA disse, sobre a medida, que ‘O público sabe que todos os aparelhos eletrónicos são vigiados pela segurança. Durante o controlo, pode ser pedido aos passageiros que liguem alguns aparelhos, incluindo telemóveis. Aparelhos sem bateria não vão ser permitidos nos aviões, e os passageiros poderão ser alvo de medidas extraordinárias’.

Telemóveis descarregados banidos em viagens para EUA

Foi ainda noticiado que poderá haver sanções para as companhias aéreas que não cumpram a nova regulação, incluindo ser negada a entrada das suas aeronaves em território americano.

A medida surge tendo em conta o receio dos norte-americanos de que os terroristas islâmicos tenham encontrado forma de instalar bombas indetetáveis nestes aparelhos, mas também em sapatos.

A situação deverá causar enorme transtorno nos aeroportos, sobretudo na Europa, tendo em conta estarmos em plena época alta de férias e turismo. Não se sabe se os aeroportos portugueses estão contemplados pela regulação.