Início Notícias Tom Daley celebra o Natal com indumentária especial

Tom Daley celebra o Natal com indumentária especial

86
0
Tom Daley celebra o Natal com indumentária especial

Tom Daley celebra o Natal sem roupa numa festa com a temática Gay

 

Tom Daley, campeão de saltos olímpicos, passou o natal nu, numa festa natalícia com a temática Gay. Tom passou a noite apenas tapado com um avental com as cores da bandeira do orgulho Gay, e esta foi a rainha da noite de Natal.

Tom Daley celebra o Natal com indumentária especial

Daley, que pousou para uma fotografia com uma amiga, usando apenas um avental e meias multicoloridas, não parecia ter frio mas rapidamente trocou de roupa e, já vestido, partilhou mais umas fotografias da sua noite natalícia com amigos e família. Além do avental e das meias, a família de Tom, que sempre o apoiou desde que este confirmou a sua relação com outro homem, decidiu embrulhar as suas prendas e fazer o laço das mesmas com fitas que representassem o Orgulho Gay. A ‘bandeira arco-íris’ é o símbolo internacional para o Orgulho Gay e é também um símbolo contra a discriminação da sexualidade de qualquer pessoa.

‘Este é o tema da festa de hoje haha… Obrigado Tia Marie :P’, escreveu o campeão olímpico no Instagram, fazendo-se acompanhar de uma fotografia de um embrulho.

Tom Daley celebra o Natal com indumentária especial

Fans de Tom, que apenas tem 19 anos, deixaram-lhe mensagens de bom natal em cada fotografia publicada. A relação de Tom foi revelada através de um vídeo do Youtube, em que Daley afirmou que ‘Na Primavera a minha vida mudou drasticamente quando conheci uma pessoa, e essa pessoa fez-me sentir tão feliz, tão seguro e tudo agora me parece perfeito. Essa pessoa é um homem.’

Tom Daley celebra o Natal com indumentária especial

Tom falou sobre a sua relação com Dustin Lance Black, de39 anso e detentor de um Óscar, admitindo que tinha sido o primeiro a dar o passo em frente. Daley terá deixado um recado no telefone de Dustin ‘No final da noite, nós ainda nem tínhamos falado, e normalmente não faço isto, mas peguei no telefone dele, abri as notas e deixei-lhe o meu número, com um smile a piscar o olho à frente e a mensagem ‘telefona-me’. Na manhã seguinte tinha uma mensagem dele e passei do ‘MEU DEUS, não acredito que acabei de fazer isto’ para o ‘Meu deus, ele mandou-me uma mensagem’’.