Início Notícias Armstrong admite a Oprah Winfrey o recurso ao doping

Armstrong admite a Oprah Winfrey o recurso ao doping

160
0
Armstrong admite a Oprah Winfrey o recurso ao doping

Finalmente Armstrong admite a Oprah Winfrey o recurso ao doping para assim obter melhores resultados desportivos

Em 2012, Lance Armstrong, ciclista norte-americano,  enfrentou acusações de doping, que lhe custaram as sete vitórias no Tour d’France. Armstrong foi sempre categórico na negação destas acusações. Pelo menos, até ontem.

Entrevistado por Oprah Winfrey, para o seu talk-show no canal OWN, Armstrong admitiu a utilização de substâncias proibidas, de modo a melhorar a sua condição física e assim, ganhar os títulos da principal prova mundial de ciclismo entre 1999-2005. Esta entrevista  foi a primeira dada por Armstrong desde que viu a USADA (a Agência Anti-Doping Americana) retirar-lhe os títulos. Não se sabe ainda o conteúdo da entrevista, mas sabe-se que a entrevista durou duas horas e meia e que Armstrong se comprometeu a responder a todas as questões directa e honestamente.

Armstrong admite a Oprah Winfrey o recurso ao dopingArmstrong foi acusado de levar a cabo o programa de doping mais sofisticado, profissionalizado e bem-sucedido, que conseguiu passar dez anos despercebido aos olhos das agências anti-doping e que o tornou alvo de uma investigação federal americana, para além da investigação da USADA.

Suspeita-se que Armstrong tenha decidido admitir a utilização de substâncias proibidas na tentativa de conseguir algum tipo de acordo com a USADA, já que o ciclista planeia testemunhar contra várias pessoas do mundo do ciclismo que tinham conhecimento do seu esquema de dopagem e que o facilitaram, além de estar em negociações para vir testemunhar num caso do Departamento da Justiça americano.

Outra razão apontada para a confirmação da utilização destas substâncias pode estar relacionada com a situação da Livestrong, a fundação criada pelo ciclista pela luta contra o cancro, cuja imagem ficou bastante abalada depois das primeiras acusações de doping.

A entrevista foi realizada na casa do ciclista em Austin, Texas, na presença dos advogados e agente de Armstrong e será transmitida nos Estados Unidos na próxima quinta-feira, às 21h, no canal OWN. A entrevista pode valer a Armstrong o levantamento do seu “exílio” do mundo do ciclismo, para uma proibição de praticar a modalidade durante oito anos, no máximo, dependendo do tipo de informação fornecida pelo ciclista e o seu nível de colaboração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui