Início Notícias Elton John ataca Putin por legalizar homofobia

Elton John ataca Putin por legalizar homofobia

330
0
Elton John ataca Putin por legalizar homofobia

Poucos dias depois de este o ter elogiado, Elton John atacou Vladimir Putin por ter legalizado a homofobia através de leis que proíbem propaganda gay na Rússia.

 

Os Jogos Olímpicos de Inverno, em Sochi, na Rússia, aproximam-se a passos largos do seu inicio, a 7 de fevereiro. No entanto, a controvérsia e a bola de neve de problemas que envolvem o evento parece também aumentar com a aproximação da cerimónia de abertura.

Depois de, apenas esta semana, a cidade olímpica ter sido falada por causa de uma ‘sanita para dois’, e da possibilidade de um dos terroristas responsáveis pelos atentados no início do ano estar escondido na vila, agora volta a controvérsia que envolve a lei sobre a homossexualidade.

Elton John ataca Putin por legalizar homofobia

Desde que o Presidente Vladimir Putin promulgou uma lei que proíbe ‘a disseminação de propaganda gay a crianças’, várias celebridades se têm mostrado revoltadas, chegando o ator Wentworth Miller a assumir a sua homossexualidade publicamente num ato de revolta contra a polémica legislação.

O mais recente inimigo de Putin, no entanto, é um peso pesado da música e da comunidade gay, Sir Elton John. Dias depois de Putin, que está a tentar ‘limpar’ a sua imagem e a do país que governa, para atrair a comunidade internacional para o evento, ter sido mais uma vez forçado a assegurar á imprensa internacional que os russos não são discriminatórios em relação aos homossexuais, referindo especificamente o cantor, John distancia-se do Presidente russo, criticando as suas políticas.

Elton John ataca Putin por legalizar homofobia

Em declarações claramente infelizes à BBC, Putin disse sobre Elton John, que foi vítima de pedidos de cancelamento dos seus concertos na Russia em dezembro, apesar de ter tocado pela primeira vez lá quando esta era ainda parte da URSS, que ‘Milhões de pessoas o adoram apesar da sua orientação’, acrescentando que tem amigos homossexuais e que falaria ‘sem dúvida’ com celebridades com orientação sexual diferente.

Em resposta, o cantor de ‘Your Song’, a quem Putin tinha chamado ‘extraordinário’, disse que ‘a homofobia foi legitimada por esta legislação, e deu cobertura aos extremistas para violar os direitos humanos. Toda a gente tem partilhado histórias de abusos – no trabalho, em bares e restaurantes, ou na rua – desde que a lei entrou em vigor em Junho’.

Elton John ataca Putin por legalizar homofobia

O Primeiro-Ministro russo, Medvedev, defendeu a lei, dizendo numa entrevista à CNN que ‘para ser honesto, ainda não vi, nem na internet, apelos de representantes de minorias sexuais, em que digam que os seus direitos estão a ser infringidos’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui