Início Cultura e Lazer Estreias da Semana: Comboio Noturno Para Lisboa

Estreias da Semana: Comboio Noturno Para Lisboa

944
0

Viagem por uma Lisboa turística – Baseado no livro homólogo de Pascal Mercier e com um elenco de luxo, a capital portuguesa funciona como cenário desta produção europeia.

Raimund Gregorius (Jeremy Irons) é um professor e académico suíço que sente a vida a passar-lhe diante dos olhos sem que este consiga tocá-la. A universidade e o casamento já não conseguem captar a essência e a paixão que o cativaram em mais novo. Num dia incrivelmente chuvoso, que embora para si continuava com tudo o que havia de ordinário na sua rotina, Gregorius impede que uma jovem salte de uma ponte, em Berna. Da jovem, só conseguiu perceber que esta falava a língua de Camões e que era portuguesa. Pouco mais tarde, numa livraria, encontrara um livro de Amadeu Prado, autor português que morrera pouco antes da revolução de 1975. Fascinado pela história do livro “Um Ouvires das Palavras” de Prado, decide descobrir a cidade onde decorre a ação e narrativa do romance e vai executar um trabalho de investigação jornalística para deslindar mais sobre o autor e a sua obra.

O Comboio Nocturno para Lisboa é uma adaptação do dinamarquês Bille August ao best-seller de Pascal Mercier e que esteve presente na última edição do Festival de Berlim (seleção oficial fora de concurso) e onde não fora muito bem recebido – um pouco à imagem do último filme de August Mandela, Meu Prisioneiro, Meu Amigo – pelos jornalísticas e a crítica especializada presente. Jorge Mourinha, do Público, descreve-o mesmo com sendo algo “bolorento e deslavado”. Apesar de se tratar de época conturbada e com uma história interessante, o argumento esquece quase por completo a primavera marcelista e apresenta uma fotografia melosa do melhor que Lisboa tem para oferecer a quem a visita pela primeira vez. Se por um lado ver a cidade portuguesa nalgo desta envergadura é algo que nos faz sentir bem e de sorriso emparelhado, também entristecerá um pouco que com tanto para explorar, se tenha caminhado tão pouco e desvendado um ínfimo mistério em torno de algo com tamanha história para apenas relatar as aventuras de um trio amoroso.

Ainda assim, por momentos, a qualidade do elenco (Bruno Ganz de A Queda do Terceiro Reich que interpretou Adolt Hitler; Mélanie Laurent, a francesa de Sacanas Sem Lei; Jack Houston de Broadwalk Empire; a sueca Lena Olin, que conta com uma nomeação para o Oscar de Melhor Atriz e participou em Chocolate; ou até o alemão August Diehl também de Sacanas Sem Lei) poderá ludibriar a mente e fazer esquecer o inglês “aportuguesado” das personagens principais desta co-produção entre Alemanha, Suíça e Portugal – por Ana Costa. Mas, existirá sempre (avaliando pelo que foi escrito) algo que poderia ter sido acrescentado ou ser dito à história de Amadeu Prado e à sua Lisboa.

Com pequenas participações podemos também ver a atriz portuguesa Beatriz Batarda, Nicolau Breyner ou Helena Afonso.

Título Original: Night Train to Lisbon
Ano: 2013
País: Alemanha, Suíça, Portugal
Duração: 93 min
Género: Mistério, Romance,Thriller
Realizador: Bille August
Actores: Jeremy Irons, Christopher Lee, Mélanie Laurent, Jack Huston, Lena Olin, Charlotte Rampling, Tom Courtenay, August Diehl, Bruno Ganz, Martina Gedeck, Burghart Klaußner, Beatriz Batarda, Filipe Vargas

IMDb: 6,4
Complexo Magazine:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui