Início Notícias Jennifer Garner e Halle Berry contra paparazzi

Jennifer Garner e Halle Berry contra paparazzi

192
0

Jennifer Garner e Halle Berry tomaram uma posição contra os paparazzi e a favor de uma nova lei.

 

Halle Berry, já conhecida pela sua posição contra os paparazzi, trouxe reforços para a sua batalha, a atriz Jennifer Garner. As duas fizeram um depoimento contra os paparazzi em geral ao Comité da Assembleia Judicial Californiana. O depoimento será para suportar e ajudar a passar uma lei que se diz que irá proteger mais eficazmente as crianças, filhas de pais famosos, de fotógrafos.‘Nós somos mães que apenas estão a tentar proteger os nossos filhos’ disse Halle Berry, ‘estas crianças inocentes não pediram para serem celebridades. Não pediram para ser atiradas para o meio deste jogo e não têm de sofrer a tentar perceber o que se passa. Não temos e precisamos de uma lei que os proteja!’ continuou a atriz.

Jennifer Garner e Halle Berry contra paparazzi

Jennifer Garner também falou sobre o que ela e os filhos sofrem estando constantemente rodeados de paparazzi; ‘Eu escolhi uma vida pública e percebo o que isto significa em termos de privacidade, no meu caso significa que, por vezes posso ser fotografada. No entanto a vida dos meus três filhos é privada e, além do mais, são apenas crianças! Sinto-me como uma criminosa, com recompensas caso sejamos apanhados vivos, ou mortos.’ Continuou Jennifer e, garantiu que o seu bebe de 17 meses fica ‘aterrorizado e chora’, e que o seu filho de quatro anos pergunta ‘porque é que estes homens nunca sorriem? E porque é que nunca nos deixam em paz?’.

Ambas as atrizes se preocupam com as cicatrizes psicológicas que poderão marcar os filhos, enquanto crescem.

Jennifer Garner e Halle Berry contra paparazzi

A lei, SB 606, escrita por Kevin de Leon irá aumentar a pena de prisão e as multas que já estão em prática por assediar e/ou incomodar uma criança com menos de 16 anos e expandirá a definição de qualquer atividade que ‘alarma, incomoda, atormenta ou aterroriza’ alguém menor de idade a fotografias ou vídeo sem a permissão dos pais ou guardiões legais.A lei que também proibirá os paparazzi de ‘seguirem a criança ou esperarem pela mesma’ também permitirá aos pais ou guardiões pedirem ordens de restrição para fotógrafos específicos.

A oposição, maioritariamente composta por fotógrafos afirmou que ‘o aumento das penas propostas vai contra a Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos. Estamos também preocupados com a vastidão proposta de fotografar ou gravar e infringe a liberdade de expressão’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui