Início Saúde Nutrição Suposto leite materno vendido online põe bebés em risco

Suposto leite materno vendido online põe bebés em risco

210
0
Suposto leite materno vendido online põe bebés em risco

Como já começa a ser hábito, o produto vendido na internet nem sempre é o que promete ser.

 

Tudo se vende online hoje em dia, até mesmo suposto leite materno. No entanto. Se não é capaz de alimentar o seu bebé, recorrer à internet para adquirir leite não é de todo uma boa opção.

Infelizmente, como na maioria dos negócios, particularmente online, há quem se aproveite e ‘venda gato por lebre’, que é como quem diz leite de vaca não certificado por leite materno puro, pondo os bebés que consomem o leite em risco.

Segundo um estudo, 10% do ‘leite materno’ vendido na internet, que muitas vezes é enviado internacionalmente é misturado com leite de vaca e exposto a bactérias, correndo os bebés que o ingerem o risco de contrair infeções ou ter graves reações alérgicas, no caso de serem alérgicos à lactose.

Suposto leite materno vendido online põe bebés em risco

O negócio da venda de leite materno tem ganho popularidade ao longo dos anos, particularmente nos Estados Unidos, onde o leite materno doado por voluntários não está tão facilmente acessível como noutros países (no Reino Unido existe um ‘banco’ de leite humano onde as famílias se podem ‘abastecer’ gratuitamente, tal como em várias maternidades e hospitais portugueses).

Se por um lado, a larga maioria do leite vendido é genuíno, muitos destes negócios são ‘caseiros’ e portanto o leite vendido não é tratado nem enviado com as condições necessárias, pondo portanto as crianças que o consomem em risco.

Assim sendo, é preferível evitar a compra de leite humano na internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui